Copyright © 2002-2019 Escape Travel Advisors

A cidade de Salta, capital da província de mesmo nome, é uma cidade colonial preservada, raridade na Argentina. Fundada no século XVI, Salta mantém grande parte da arquitetura deixada pelos espanhóis. A cultura pré-colonização se mantém no Museu Antropológico dedicado ao xamanismo e no Museo de Arqueología de Alta Montaña, com múmias e objetos incas.

A leste da Cordilheira dos Andes, o estado de Salta é também conhecido por ter a mais alta rota de vinho do mundo. A videira foi introduzida na região pelos jesuítas, no século XVIII. Espere encontrar uma ótima degustação de vinhos argentinos!

O que fazer

A paz é tamanha que é impossível não se desligar do cotidiano e logo relaxar. No entanto, opções de atividades ao ar livre também não irão faltar. Com a estrutura oferecida pela Finca você pode sair para cavalgar, fazer caminhadas e imergir em toda a beleza natural dos arredores.

Passear pelo centro de Salta também é uma delícia. Cheio de história e com ótima gastronomia, as ruas do centro trazem uma sensação de voltar no tempo, com sua arquitetura colonial espanhola.

Se você tem tempo para uma viagem mais longa, não deixe de cogitar as excursões para Quebrada Humauaca, Puna, Salinas Grandes, Valles Calchaquies, entre outras.

Como chegar

Salta fica a menos de duas horas de voo de Buenos Aires. 

Onde ficar

Hotel Finca Valentina

Tudo começa com o casal Valentina e Fabrizio. Italianos de Milão, se jogaram em uma aventura, indo viver em Salta em 2006, apos se apaixonarem pelas paisagens do norte argentino. A casa de campo para que eles se mudaram se transforma em um pequeno hotel, em 2008, e ganha o nome de Finca Valentina. Logo ficam conhecidos por oferecer um serviço de muita qualidade em um ambiente extremamente intimista. Lá, as portas da fazenda são abertas pela própria família, e você é mais do que um hóspede: é um convidado especial.

Hotel Finca Valentina