Μετέωρα (Meteora)

Μετέωρα, Grécia

Meteora é uma paisagem de picos majestosos que a erosão esculpiu em épicas colunas de pedra de dimensões míticas. Erguido de forma precária no alto de uma das colunas de rocha, com penhascos que caem vertiginosamente de cada lado, o Mosteiro de Rousanou vela sobre a paisagem abaixo. Com seu telhado vermelho brilhando a sol, o mosteiro parece ocupar um lugar especial entre o céu e a Terra.

As primeiras pessoas a viver sobre estes pináculos inóspitos foram ermitãos que escalaram o penhasco até chegar às cavernas e fissuras a rocha, onde viveram em solidão voltada à contemplação divina. Com o tempo, eles se uniram para formar mosteiros. Durante o período de anarquia das invasões otomanas dos séculos XIV e XV, os monges foram subindo cada vez mais alto nos penhascos verticais, buscando segurança na inacessibilidade.

Originalmente, o único acesso possível a Rousanou era por uma grande rede puxada para cima pelos monges que estavam no alto. De acordo com a população local, as cordas só eram substituídas quando "o Senhor deixava que elas se rompessem”. Isso garantia que apenas os mais devotos dos peregrinos ousassem a escalada.

Hoje há degraus e uma ponte de madeira. Chegando o mosteiro, o visitante ingressa em um ambiente de sacralidade intensa que vem atraindo devotos há mais de 500 anos. O complexo é feito de uma pequena igreja e celas construídas em volta de um pátio central. 0 interior da igreja é decorado com afrescos que mostram a assunção de Maria, a ressurreição de Cristo e os martírios dos santos, em todo seu brilho. O esforço necessário para erguer este monumento à fé deve ter sido avassalador. Aqui o mundo moderno desaparece, e tudo o que resta quando você olha para cima são as construções de pedra e madeira do pátio, emoldurando um oceano de luz.

Fotos  Locais